#SanatórioGeral: Poste esquizofrênico | VEJA.com

0
18

Haddad finge que seu partido não fez tudo para acabar com a liberdade de imprensa num artigo em que louva a liberdade de imprensa

Por Augusto Nunes

access_time

24 jun 2019, 21h44

“Nesse admirável mundo novo, a presença do The Intercept e de Glenn Greenwald entre nós é uma felicidade e fonte de inspiração para novas formas de cooperação entre jornalistas. A reputação internacional de Moro como juiz está comprometida, mas isso não lhe dá o direito de usar seu poder como ministro para prejudicar quem cumpre seu dever. Faria melhor se tomasse a conduta profissional de Greenwald como modelo”. (Fernando Haddad, sem ocupação conhecida desde outubro, louvando a liberdade de imprensa em sua coluna na Folha e fingindo esquecer que integra o partido que fez o diabo para aprovar o “controle social da mídia” e outros truques forjados para assassinar a liberdade de imprensa)



Fonte: Redação SBTV

Os comentários postados são de responsabilidade inteiramente de seus autores e não representa a opinião desse site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here