Boulos entra em parafuso ao pensar no tempo terá que trabalhar — caso comece a fazer hoje o que nunca fez na vida — se a nova Previdência for aprovada

Por Augusto Nunes

access_time

15 jun 2019, 18h44

Eles dizem que reformar a Previdência vai acabar com privilégios. Exigir 40 anos de contribuição para receber aposentadoria integral é combater privilégios ou sacrificar milhões de trabalhadores? #GreveGeral”. (Guilherme Boulos, líder do MTST, no Twitter, desesperado com o tempo que terá que trabalhar — caso comece a fazer hoje o que nunca fez na vida — se a nova Previdência for aprovada)


Fonte: Fix Family Office

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here