Ele de novo: derrotado, Kyrgios quebra raquetes e cospe no juiz

0
20

Tenista australiano deu mais um show de indisciplina em eliminação no Masters 1000 de Cincinnati

Por Da Redação

access_time

15 ago 2019, 14h23

O australiano Nick Kyrgios, número 27 do ranking da ATP, protagonizou – novamente – cenas de grave indisciplina em quadra, na noite da última quarta-feira, 14. O tenista de 24 anos quebrou raquetes e até cuspiu em direção ao juiz Fergus Murphy ao ser eliminado na terceira rodada do Masters 1000 de Cincinatti pelo russo Karen Khachanov, 9º do mundo, com parciais de 6/7/7/6 e 6/2.

Kyrgios vive boa fase no ano e ainda neste mês levantou o troféu de campeão do ATP 500 de Washington, mas sua fúria costuma se sobressair a seu talento. Contra Khachanov, o australiano começou sólido e venceu o primeiro set sem sustos durante seus serviços. Kyrgios manteve o nível no segundo set, mas perdeu a cabeça com o juiz na reta final, devido ao tempo de 25 segundos para sacar e iniciar o ponto.

Em alguns torneios da ATP, os juízes têm um cronômetro para monitorar e advertir o jogador que extrapolar o tempo de saque. Kyrgios se irritou mesmo assim, xingando Murphy ao perder o segundo set. “É o pior juiz do circuito. Ele faz alguma m**** estúpida toda vez em que estou jogando, toda vez”, esbravejou. “Se você achar um vídeo do Rafa (Nadal) sacando tão rápido, eu calo minha boca. Absolutamente lixo, uma desgraça”, completou, a caminho do vestiário, onde quebrou duas raquetes e retornou à quadra.

Kyrgios não demonstrou vontade de jogar no terceiro set, facilitando a vitória de Khachanov, que manteve a paciência durante todo o jogo, apesar das atitudes do adversário. Ao deixar a quadra, o excêntrico Kyrgios ainda presenteou uma criança com uma de suas raquetes quebradas. Conhecido por atos de indisciplinas, Kyrgios deverá adicionar mais uma multa em sua pilha, mas deverá sofrer, também, uma suspensão. A ATP ainda não estipulou qual serão as punições ao australiano.



Fonte: Redação SBTV

Deixe uma resposta