Situação de cunhado de Odebrecht se complica

0
18

Suíça afirma que MPF não violou regras ao juntar documentos

Por Ernesto Neves

access_time

15 ago 2019, 07h01

Procuradores suíços encaminharam à Justiça Federal do Paraná um relatório em que rejeitam a anulação de provas obtidas contra Maurício Ferro, cunhado de Marcelo Odebrecht.

Segundo as autoridades suíças, o Brasil pode utilizar a documentação obtida sobre a movimentação bancária de Ferro, que superou os 8 milhões de dólares.

Elas foram enviadas espontaneamente pela justiça do país ao Brasil no dia 14 de fevereiro.

A defesa de Maurício Ferro havia pedido anulação dos documentos, sob argumento de que violariam as regras do acordo de compartilhamento.



Fonte: Redação SBTV

Deixe uma resposta