Teste de foguete lunar da Nasa cumpre 90% de seus objetivos

Washington, 22 Jun 2022 (AFP) – A quarta tentativa da Nasa de concluir um teste crucial para o foguete que planeja enviar à Lua cumpriu muro de 90% de seus objetivos, indicaram seus responsáveis nesta terça-feira (21), mas ainda não há uma data marcada para a decolagem.

“Diria que estamos aproximadamente a 90% do que necessitamos em universal”, declarou hoje aos jornalistas o diretor da missão Artemis, Mike Sarafin.

Trata-se do último teste que a dependência espacial americana efetuará antes da missão Artemis-1, prevista para levante verão boreal: um voo lunar sem passageiros. O teste será depois seguido por outro voo com uma invólucro transportando humanos, mas que, provavelmente, não acontecerá antes de 2026.

As equipes do Meio Espacial Kennedy iniciaram os testes no sábado com um objetivo: abastecer os tanques do foguete SLS com combustível líquido, iniciar a narração regressiva para a decolagem, simular imprevistos e, por termo, esvaziar os tanques.

Nas três tentativas anteriores os problemas se multiplicaram e foi impossível abastecer o foguete com centenas de milhares de galões de hidrogênio e oxigênio líquidos super-resfriados.

Na segunda-feira, os engenheiros conseguiram finalmente encher os tanques, mas também tiveram que mourejar com um novo problema de vazamento de hidrogênio que não conseguiram resolver.

A Nasa quer estabelecer uma presença permanente na Lua e utilizá-la uma vez que um campo de testes para as tecnologias necessárias para uma missão tripulada a Marte na dezena de 2030.

ia/iba/ube/atm/rsr/rpr/ic

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest
Telegram